página inicial

Portugal Tour 2018 : from 6 to 9 November

De volta ao primeiro Rally Portugal Tour

““SINTRA – PORTO” From 6 to 10 November 2017

Segunda-feira, 6 de novembro começou a 1ª edição do Rally Portugal Tour em Sintra, o novo compromisso na agenda Cyril Neveu Promotion, com 30 equipas, um rally com uma ligação das sete colinas de Lisboa para o Vale do Douro banhando o Porto, causando prazer na condução, descobertas e visitas a monumentos históricos, dos quais Portugal abunda. As equipas atravessaram o país e tiveram a oportunidade de se debruçar sobre os palácios fascinantes e castelos que têm marcado seu caminho com paragens no coração dos estabelecimentos prestigiados, impregnado de exotismo manuelino, exuberância barroca e com art deco quase omnipresente que na virada das aldeias, deixando lugar à criatividade da arte popular.

Foi, portanto no Penha Longa de Sintra que as tradicionais “verificações” ocorreram para preparar os carros ás cores do evento e visitar a bela cidade do Monte da Lua e seus sunptuosos palácios e castelos, classificados como Património Mundial pela Unesco. Um “prólogo” de 45 quilômetros fechou o dia, no traçado do rally dos anos 70 e 80, quando os carros do grupo B faziam roncar os motores frente a multidão que abaldroava a estrada.

No dia seguinte, os participantes tomaram o caminho da primeira etapa para se juntar ao longo da costa do Oceano Atlântico em direçao a Cascais e foi em Setubal que todos estavam prontos para embarcar, uma coisa rara durante um rally, a bordo de um ferry e atravessar um braço do mar até á península da Comporta. É foi esta estrada que os concorrentes encontraram o Templo romano de Diana e o Mosteiro de Loios em Évora, uma das mais belas cidades de Portugal, para o almoço. As equipas então atravessaram a região do Alentejo em direção a Estremoz, uma cidade de mármore, deslumbrante com a brancura dominada pelo seu castelo Medieval, renovado em uma Pousada excepcional que nos recebeu para a noite.

Como todos sabem, não pode haver rally sem classificação!
Por isso Cyril Neveu e sua equipa prestaram uma especial atenção para todos os dias organizando uma curta prova de regularidade, permitindo assim ás equipas dos novatos descobrir essa disciplina, e também, durante os controles de passagem, submeter-se a umas séries de questões de cultura geral sobre história Portuguesa ou automóvel, tudo a volta de bons momentos de camaradagem e designar o vencedor final!

Folk show given by the medical students of the City COIMBRA (2nd day of the Rally)

Para a segunda etapa, depois de atravessar as pedreiras de mármore fazendo a riqueza da região, Vila Viçosa, terra dos duques lusitanos, ai as equipas fizeram uma paragem para uma visita cheia de história. Após isso, junto com os carros seguiram as muralhas do castelo e pegaram a direçao de Alter de Chão, uma terra de cavalos e olivais imperdível. Após o almoço no castelo do Crato, o percurso continuou para norte e aí deixar lugar ás estradas mais atormentadas feitas de subidas e descidas. O prazer da condução foi total nesta estrada rodoviária excepcional. Á chegada a Coimbra, os concorrentes passaram uma noite festiva, ao som da música local, na “Quinta das Lagrimas”, com uma arquitetura barroca!

Depois desta etapa em Coimbra, as equipas pegaram a direção dos picos montanhosos do País, até a Serra da Estrela, culminando a 2000m acima do nível do mar. Esta etapa lembrou novamente que Portugal é uma verdadeira terra de rally, chegando a Arganil e da sua aldeia pitoresco, um lugar que fez os dias de glória do rally com sua reputação de juiz de paz. ! Um aparte , o percurso não podendo evitar as regiões devastadas pelos recentes incêndios, foi com grande emoção que os participantes testemunharam o desastre Ecologico que Portugal agora enfrenta para reconstruir. Foi no coração da cidade de Viseu que as equipas permaneceram, num antigo hospital do século 17 totalmente renovado com um pátio magnifico.

Para a última etapa, o percurso tomou a direção do Vale do Douro, uma maravilha turistica de Portugal com as suas vinhas do famoso vinho do Porto. Depois de frequentar durante três dias um conjunto de paisagens feitos de azulejos (azulejos brancos e azuis cobrindo as casas), agora deram lugar a aldeias com casa feitas de granito cinza e rosas.

Uma vez em Lamego, ponto de entrada do nosso percurso no Vale do Douro, o almoço foi organizado no Six Senses, um estabelecimento sublime com vista para o majestoso rio Douro, que nos acompanhou toda a tarde até á chegada ao Porto, para o Hotel Yeatman em Gaia. Um estabelecimento “muito chique” que domina a cidade do Porto que tivemos o prazer de admirar, antes da cerimônia da entregua dos prémios e dando assim como encerrada esta primeira edição do Portugal Tour. O ambiente e o bom humor dominou a noite e sentimos a satisfação dos concorrentes que tiveram o prazer em participar num rally diferente de novo tipo. voltaremos a nos encontrar em 2018 !!

The rally partners